Menu


Social

sexta-feira, 14 de julho de 2017

HQ | Universo DC: Renascimento


Coluna nova!

Fala pessoal!!

Hoje trago a vocês uma coluna que já pretendia fazer há muito tempo aqui no Manjabooki. Iremos falar sobre QUADRINHOS!!!

Conto com a colaboração e o feedback de vocês para ver se devemos continuar com a coluna.

Irei focar inicialmente no universo DC com o mais recente reboot da franquia, o Renascimento DC. Iremos falar dos quadrinhos mensais, especiais e arcos envolvidos nesta trama. E, conforme a coluna for crescendo, dependendo da aceitação de vocês, irei abordar novos quadrinhos com o passar do tempo.

Universo DC: Renascimento.

Antes de mais nada vale ressaltar que esta nova fase da DC não é bem um reboot. Universo DC: Renascimento, tem início no término da fase Os Novos 52, e tem a nobre intenção de restaurar o Universo DC a um estado anterior ao que ficou conhecido como Ponto de Ignição,

ATENÇÃO, ALGUNS SPOILERS SOBRE O FLASHPOINT.

Se você deseja ler toda a história do que houve com o Flash e os acontecimento que levaram a ocorrer o Ponto de Ignição, não leia mais.

Como sabemos, Barry Allen, o Flash, acorda num universo paralelo onde não possui seus poderes e sua mãe ainda está viva. Vários acontecimentos mudaram desde o flashpoint: Bruce Wayne foi quem morreu ainda criança e Thomas Wayne é o Batman. O Superman é mantido em uma instalação militar, nunca tendo visto o sol, uma vez que sua nave caiu no meio de Metrópolis, matando 35 mil pessoas. Aquaman e a Mulher Maravilha estão em guerra e o Flash Reverso ainda existe. Barry descobre que, na verdade, ele foi o responsável por tudo aquilo, quando tentou salvar sua mãe, viajando no tempo.

O desenrolar da história mostra que o Batman auxilia Barry a resolver o problema e unificar as diferentes linhas temporais, voltando no tempo para impedir a si mesmo de salvar sua mãe. A série é concluída com Barry entregando uma carta de Thomas para Bruce na linha temporal original.

Neste ponto começa o Renascimento. Vemos na edição 1 o Kid Flash contar sua história, onde ele relata que o problema das linhas temporais não ocorreu com o Barry e sim por uma força misteriosa. Vários heróis são mostrados em diferentes situações, indicando que 10 anos de história foram roubados.

Para variar, o Superman está desaparecido, e o Batman está recrutando alguns heróis para criar uma espécie de liga da justiça alternativa.

Por ser o protagonista da primeira edição especial do Renascimento, Wally West, o Kid Flash, deve ser visto nas posteriores edições de The Flash e com certeza é obrigatório ler os quadrinhos dele, que deverá ser focado nas ocorrências causadas pelas viagens no tempo de Barry Allen. Trago em breve pra vocês o review.

No mais, embora com um plot batido, viagem e paradoxo temporal, gostei muito da arte e do roteiro da HQ. Já li o primeiro volume da série Detective Comics, focado no Batman e Batwoman e uma série de heróis que são recrutados por eles, e gostei muito do que vi. Vou seguir acompanhando esta série e será a próxima que trarei aqui na coluna.

Muitos mistérios estão sendo colocados nestes primeiros volumes e que devem nortear os roteiros. Esperamos realmente que as histórias sejam boas e que isso ajude a atrair os leitores que abandonaram os quadrinhos, como eu, e os novos leitores também.

Boas leituras!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts Recentes